Deseja otimizar a sua rede? use domínio de broadcast!

01 Dec in capacidade, Dispositivos, endereços

Atualmente diversos dispositivos estão conectados a uma rede IP, como: celulares, computadores, tablets, impressoras, relógios de ponto, roteadores, access points, aparelhos de TV, sistemas de automação, entre muitos outros equipamentos. Entretanto, segmentar uma rede aliando o número de endereços IPs que está rede pode distribuir com a quantidade de equipamentos conectados a ela é um desafio para o administrador de rede.

Hoje, o protocolo TCP-IP Versão 4 ainda é o mais utilizado nas redes IP dentro das empresas, possibilitando a criação de redes com ranges de endereços IP que variam entre 2, 4, 8, 16, 32, 64, 128, 256, 512, e assim sucessivamente, é muito comum encontrarmos redes configuradas para suportar até 256 endereços, pois é um padrão comum nos equipamentos vir configurado para suportar esse volume de endereços.

Você pode estar pensando: “permitir 256 endereços IP se possuo poucos dispositivos na minha empresa?”. Para responder essa questão, vamos supor o seguinte cenário: a sua rede possui 50 dispositivos. Observe que o maior número, e mais próximo ao “50” mencionado no parágrafo acima é o “64”. Porém, se tenho 50 dispositivos e limitar a minha rede a apenas 64 endereços, vou ficar apenas com 14 endereços de reserva ficando com uma margem muito pequena de endereços para um crescimento futuro. Sendo assim, a melhor opção seria o próximo número da seqüência, uma rede de até 128 endereços.

Entenda que este cenário é uma forma simples de segmentar a sua rede aproximando a quantidade de endereços IP possíveis em sua rede com a quantidade de endereços que ela suporta. Tudo isso é responsabilidade do profissional que planeja a rede. Entenda que estou tentando exemplificar de uma forma bem simples o que seria segmentar uma rede de computadores, existem diversas técnicas mais avançadas e complexas que se enquadram nesta tarefa também, mas o objetivo aqui é ser o menos técnico possível, e tentar ilustrar um pouco sobre o funcionamento de uma rede de computadores para pessoas leigas, mas que se interessem um pouco pelo assunto.

Voltando no cenário…

Observe que não utilizaremos o padrão de 256 endereços IPs, vamos optar por configurar a nossa rede com apenas 128 endereços IP. A possibilidade de crescimento é reduzida pela metade, porém se atualmente a rede só possui 50 dispositivos, dificilmente ela chegara a ter 256 dispositivos e ainda assim haveria uma boa folga para o aumento da capacidade, pois no novo formato ela pode chegar até 128 endereços. Além disso, também seria reduzido pela metade o “domínio de broadcast” da rede. Não sabe o que é isso? Calma, vou explicar!

Ou coisa que você deve estar pensando, mas qual a diferença, porque reduzir a possibilidades de endereços? Não posso deixar o padrão?

Para ficar um pouco mais claro o que quero que vocês entendam vou tentar utilizar um exemplo bem simples. Imagine o seguinte, você pega um caderno escreve os números do 1 ao 256 recorta cada número e põe dentro de um pote “esse numero representa o IP”. Convida 50 pessoas para pegar um número no pote “Essas pessoas representam os equipamentos da sua rede, ou seja, cada equipamento na sua rede pega um endereço ip”.

Ai você faz uma pesquisa perguntando “qual o time de cada número” (Exemplo: número 1, qual o seu time; número 2: qual …. até número 256: qual é o seu… ) numero a numero até perguntar a todos os números independente se o numero vai responder ou não, é claro que você só terá resposta dos números que estão associados a uma pessoa os demais números não vão responder pois não estão associados a ninguém.

Sendo assim se você tivesse colocado no pote os números do 1 ao 128 a sua pesquisa terminaria muito mais rápida e ainda assim você conseguiria descobrir o time de todos os números que possuem uma pessoa associada.

Muitas vezes a forma como os dispositivos, busca informações na rede é igual ao exemplo acima.

Respondendo as perguntas acima, essas são as diferenças os tempos para conclusões das pesquisas na rede serão reduzidos. Conseqüentemente você terá uma performance melhorada.

Imagine que quando você abre o Windows Explorer e clica no ícone “Rede”, o seu computador faz a varredura de toda a rede em busca de dispositivos IP que respondam. Se a capacidade de endereços da sua rede é de 256 endereços, esta busca perguntará a todos os endereços se eles respondem. Agora, se você segmentou a rede para apenas 128 endereços, a varredura será apenas nesses endereços, ficando, conseqüentemente, mais rápida.

Essa varredura realizada pelos dispositivos na rede tecnicamente é conhecida como “domínio de broadcast”. Ou seja, quanto maior a possibilidade de endereços em uma rede, maior o domínio de broadcast. Quanto maior o domínio de broadcast maior serão as pesquisas na rede.

Espero que tenham entendido e gostado do artigo.

Fonte: http://www.tiespecialistas.com.br/2015/11/otimizando-uma-rede-de-computa...